Terça-feira, 25 de Agosto de 2009
publicado por Sofia Rocha em 25 Ago 2009, às 14:32

Estava curiosa para ver se o Dr. Mário Soares se referia, ou não, à entrevista da Dra. Manuela Ferreira Leite à RTP.

Sobretudo agora que o Dr. Mário Soares se tornou no oráculo do Primeiro-Ministro.

E a verdade é que escreveu: gastou muito texto, disse muito mal, de forma muito virulenta e ainda terminou com uma frase de muito mau gosto sobre a aparência de MFL - roçou mesmo a ofensa.

Óptimo. Quando conseguimos que um adversário político gaste assim tanto latim, é porque estamos no caminho certo.

Seguimos para bingo.


9 comentários:
De Zé dos Montes a 25 de Agosto de 2009 às 14:48
Eu acho que tem toda a razão quando diz "É uma pessoa séria, decidida, que tem o culto da verdade, que só faz o que deve e não abre concessões para ninguém, sejam amigos ou não. Já o sabíamos. Mas tudo isto é o pressuposto para qualquer político, que tenha princípios éticos e não seja um oportunista." Portanto é uma senhora com qualidades ao contrário do "ingenheiro" que é um oportunista (vidê licenciatura entre outras espertezas) e não tem principios éticos (por exemplo relatório "OCDE" sobre a educação)


De M. Isabel Goulão a 25 de Agosto de 2009 às 16:04
Foi o que também pensei Sofia.
Venham mais textos destes :)
ISABEL


De Zé dos MOntes a 25 de Agosto de 2009 às 15:42
Mas este artigo termina com duas bandarilhas bem enterradas no Socrates : "Como muitos dos socialistas neoliberais formados na "terceira via", uma verdadeira fraude intelectual" - então mesmo que só visto do prisma ideológico tivemos 4 anos de fraude intelectual. Sobre o desmoronamento "...a pressão imobiliária de enormes prédios que deixaram construir muito próximo, ou mesmo em cima, de arribas idênticas..." - uma boa critica aos inúmeros PIN aprovados contra toda a legislação de proteção do ambiente da RAN e da REN .


De maria moreira a 25 de Agosto de 2009 às 18:30
Uma ocasião perdida

A apreciação que Mário Soares faz num artigo no DN sobre a entrevista de Manuela Ferreira Leite à RTP, a que chama «ocasião perdida», era desnecessária. Sabemos que Soares, do alto dos seus 83 anos, não consegue ter um adversário que o contradiga, nem que o contrarie. Sabemos que a tolerância é uma arma que os portugueses sabem usar com muita habilidade. Sabemos que o respeito pelos outros é algo que aprendemos desde pequenos e que usamos ao longo da vida para nos distinguirmos de quem nos ataca sem razão. Soares, infelizmente, despreza os outros, sobretudo as mulheres, ou os/as que não lhe são subservientes. Sabemos que o devemos respeitar e, por isso, de forma tolerante e respeitosa, lhe pedimos que não use do mais vil machismo como arma política. O «impecável vestido bege, que lhe ficava tão bem» e o «encantador new look» de Manuela Ferreira Leite são expressões que apenas revelam que Soares não sabe ser um democrata. Que não aprendeu, ao longo de toda a sua vida, a ser tolerante e respeitador. Que não aprendeu a lição de 1999 quando apelidou o discurso de Nicole Fontaine, sua adversária na candidatura à Presidência do Parlamento Europeu, como o de «uma dona de casa». Da mesma forma que Fontaine veio a representar 380 milhões de cidadãos sendo eleita Presidente do Parlamento Europeu, soterrando os vitupérios de Soares e a sua inócua passagem por Estrasburgo, esperemos que Ferreira Leite, com a sua inteligência e discrição, ultrapasse da mesma forma este «soupçon de machisme». Porque será que Soares erra no alvo de cada vez que tem necessidade de projectar as suas «ocasiões perdidas»?





De Anónimo a 25 de Agosto de 2009 às 18:40
Não tem limites a deselegância a raiar o insulto do Dr Mário Soares.Que pena.


De ricardo a 25 de Agosto de 2009 às 20:09
Mas c'um carago!nãos e ve na cara?!então é a verdade e depois vai não vai, já não interessa nada, o que conta é o que "parece"?! e o citigroup?!e enquanto ministra da educação?!e o antonio preto?!ninguém é perfeito!óbvio!qual PS qual PSD, não me interessa nada, clubes nenhuns , não tenho!mas o meu país gosto, enfim, chateia-me quando o prejudicam, sei lá, é meu!e c'um carago!desde quando portugal esteve à frente de alguma coisa?!sei lá, uma?!desde quando eu abro o times e vejo "alemanha, frança, portugal..." hein?!como?!e o magalhães no ABC?!e a empresa na hora?e o trichet a dizer "sim senhor às politicas e tal?" e as torres eólicas no the guardian?! mas está tudo doido?!desde quando
é que isto se viu?!agora já só leem o publico?!e o dn?! será que a Sr. Manuela tem alguma ideia nova?!claro que o socrates chateou as farmácias, os médicos, os professores... e?!deixar tudo igual é melhor?!será que não melhorou?!
bolas... parecem todos com clubite... Sim!aquela entrevista foi uma vergonha, ter aquela Senhora como primeiro ministro parece algo fraco!desculpem, gosto de pessoas que arriscam, fazem, inovam, sem dramas, sem questiunculas, com vontade!com gosto!e c'um carago, se há coisa no sorriso do Socrates quando fala do que faz é gosto, e vontade!e qual de voces aguentava o Louça e o Portas quatro anos e ainda se recandidatava para mais 4 anos sem vida propria?!
(desculpem os erros, teclado diferente e tenho que trabalhar...)
melhores cumprimentos,
ricardo


De Nuno a 26 de Agosto de 2009 às 11:51
Na mouche Ricardo! Ter aquela senhora como PM é mesmo muito fraco, é a vitória dos velhos do restelo. O que o Soares escreveu, goste-se ou não, são factos, a entrevista foi miserável apesar de reveladora espremida não sobra nada!
E compare-se a agressividade da Judite qdo entrevistou Sócrates com a sua postura qdo entrevistou a MFL. A parcialidade da Judite não engana ninguém!


De José Peralta a 26 de Agosto de 2009 às 14:05
Sofia Rocha
E sobre o"latim" que Marques Mendes "gastou", na Universidade de Verão do PSD, sobre Ética, Dignidade Política, etc., e que constituiu um autêntico, enérgico e corajoso libelo acusatório, contra "certas" opções de Manuela Ferreira Leite ?
Vai sêr , certamente, "desancado" na Blogosfera ... E o menos que lhe irão chamar, é "traidor" ! E não será a primeira vez...


De José Peralta a 27 de Agosto de 2009 às 01:13
Ora aí está ! Na tal Univ . de Verão, Paulo Rangel, o "his master's voice " de serviço, apressou-se a desautorizar Marques Mendes, glosando o gasto "chavão" da chefe:- "À Justiça o que é da Justiça, à Política o que é da Política, e à Ética...o que é da Ética" !!!!!
"Compartimentos estanques", é o que é...
Donde se infere que Justiça e Política...não precisam da Ética para nada ! Exerçam-nas à vontade sem ela ...

São estes os conceitos e ensinamentos, que Paulo Rangel instila nos jovens "aprendizes" de Política, do PSD !


Comentar post


Jamais - Advérbio. Nunca mais, outra vez não, epá eles querem voltar. Interjeição muito usada por um povo de dez milhões de habitantes de um certo cantinho europeu, orgulhoso do passado mas apreensivo com o futuro, hospitaleiro mas sem paciência para ser enganado, solidário mas sobrecarregado de impostos, com vontade de trabalhar e meio milhão de desempregados, empreendedor apesar do Estado que lhe leva metade da riqueza, face à perspectiva terrível de mais quatro anos de desgoverno socialista. Pronuncia-se à francesa, acompanhado ou não do vernáculo manguito.
Vídeo da Semana
autores
posts recentes

Valeu a pena dizer "Jamai...

...

A luta continua.

Até amanhã camaradas

Post final

O novo PSD

"Obrigado Manuela", segui...

Saudações democráticas

Parabéns ao PS

No dia 27, vamos todos vo...

últ. comentários
O Sôtor Elisio Maia fala assim porque depende do a...
ótimo blog, parabéns...
Realmente é o pais considerado como o pais do truq...
Conversa de urinol ..... caro boy PS!!!
Caro amigo anónimo, de facto encontro alguma razão...
meu caro amigo, não duvido das suas competências.....
está completamente certa. Mais... o 12º é pior, po...
nao faz a minima ideia de como existem formandos a...
Esta afirmação de Platão devia estar melhor docume...
Escandalizam-me reflexões como as do artigo da Sra...
mais comentados
links
arquivos

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

subscrever feeds