Quinta-feira, 27 de Agosto de 2009
publicado por Paulo Marcelo em 27 Ago 2009, às 10:30

A expectativa é grande para o que dirá, logo à tarde, Manuela Ferreira Leite. Os principais jornais tentam hoje antecipar, baseados na boataria habitual nestas situações, algumas novidades do documento. Esta ansiedade, a exactamente um mês das eleições, mostra duas coisas.
A primeira é que muita gente acredita que o PSD pode mesmo ganhar as eleições de 27 de Setembro. E que o programa eleitoral se pode mesmo vir a transformar, versão revista e aumentada, num programa de governo. Se assim não fosse acham que se ligava tanto a umas dezenas de folhas de letras e números?
A segunda é que falar verdade eleva as expectativas. A credibilidade de Ferreira Leite chama as pessoas a ouvir o que ela tem para dizer. Por contraste, já quase não nos lembramos do que disse Sócrates na apresentação do programa socialista. Tantas foram as promessas e a propaganda dos últimos quatro anos, que já são poucos os que ouvem ou levam a sério o que diz o actual Primeiro-Ministro.

 


2 comentários:
De Daniel João Santos a 27 de Agosto de 2009 às 10:46
"E que o programa eleitoral se pode mesmo vir a transformar, versão revista e aumentada, num programa de governo."

ou seja, passar de uma folha A5 para uma A4?


De Carlos Dias Ferreira a 27 de Agosto de 2009 às 11:41
Caro Paulo:

Eu estou em total sintonia consigo naquilo que escreveu.
A expectativa é grande e a aflição ou desespero dos "iluminados" deste regime socrático já começou a zurzir sem mesmo saberem as propostas que irão ser apresentadas no fundo as ordens vindas do Largo do rato ou de S. Bento (actualmente é a mesma coisa) são claras, fazer muito barulho e propaganda.
Triste para este país termos que aturar desde 2005 estes srs que pouco ou nada fizeram por Portugal e tentam passar a mensagem de que são e querem continuar a ser os salvadores do país, infelizmente os indicadores dizem o contrário.
Estamos fartos desta "gentinha" arrogante, mentirosa e prepotente precisamos de gente séria e competente e isso tenho a certeza que MFL garante.


Comentar post


Jamais - Advérbio. Nunca mais, outra vez não, epá eles querem voltar. Interjeição muito usada por um povo de dez milhões de habitantes de um certo cantinho europeu, orgulhoso do passado mas apreensivo com o futuro, hospitaleiro mas sem paciência para ser enganado, solidário mas sobrecarregado de impostos, com vontade de trabalhar e meio milhão de desempregados, empreendedor apesar do Estado que lhe leva metade da riqueza, face à perspectiva terrível de mais quatro anos de desgoverno socialista. Pronuncia-se à francesa, acompanhado ou não do vernáculo manguito.
Vídeo da Semana
autores
posts recentes

Valeu a pena dizer "Jamai...

...

A luta continua.

Até amanhã camaradas

Post final

O novo PSD

"Obrigado Manuela", segui...

Saudações democráticas

Parabéns ao PS

No dia 27, vamos todos vo...

últ. comentários
O Sôtor Elisio Maia fala assim porque depende do a...
ótimo blog, parabéns...
Realmente é o pais considerado como o pais do truq...
Conversa de urinol ..... caro boy PS!!!
Caro amigo anónimo, de facto encontro alguma razão...
meu caro amigo, não duvido das suas competências.....
está completamente certa. Mais... o 12º é pior, po...
nao faz a minima ideia de como existem formandos a...
Esta afirmação de Platão devia estar melhor docume...
Escandalizam-me reflexões como as do artigo da Sra...
mais comentados
links
arquivos

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

subscrever feeds