Domingo, 30 de Agosto de 2009
publicado por Miguel Noronha em 30 Ago 2009, às 18:44

O PÚBLICO sabe que [Carolina Patrocínio] foi aconselhada a não dar entrevistas, depois de declarações a uma televisão em que dizia que é a sua empregada que lhe tira os caroços das cerejas e que prefere fazer batota a perder.


9 comentários:
De Daniel João Santos a 30 de Agosto de 2009 às 21:40
Libertem a Carolina.


De Zé dos Montes a 30 de Agosto de 2009 às 23:33
Libertem mas é a empregada da Carolina!


De José Barros a 31 de Agosto de 2009 às 02:20
Libertem a empregada da Carolina e a Carolina do PS!


De Valter Marques a 31 de Agosto de 2009 às 11:35
O Público sabe isso através de uma fonte anónima ou é algo mais concreto?


De Miguel Noronha a 31 de Agosto de 2009 às 12:38
Tem de perguntar isso ao Público.


De Duarte Franco a 2 de Setembro de 2009 às 10:42
Caro Miguel Noronha,

Gostava apenas de salientar que a entrevista que a Carolina Patrocinio deu, dizendo que era a Empregada que lhe tirava os caroços das cerejas ou que prefere fazer batota a perder, foi dada a um programa que se chama "Fama Show" cujo objectivo é mesmo esse, as pessoas são entrevistadas informalmente e com alguma piada.
Gostava que não se misturasse uma entrevista a um programa cor de rosa, que tem por objectivo divertir quem a esta a ver, com o facto de ser mandataria de um Partido Politico.

Obrigado.

DF


De Miguel Noronha a 2 de Setembro de 2009 às 11:33
E quando anuncio o fim da crise e o início da retoma? Também se destinava a divertir quem estava a ver?


De Duarte Franco a 2 de Setembro de 2009 às 18:02
Caro Miguel Noronha,

Não discuti sequer as capacidades da Carolina para a Política até porque não me identifico com o partido em questão.

Tive apenas o objectivo de comentar uma noticia descontextualizada que não tem nenhuma razão de ser.

Mas politicamente mais vale deitar abaixo a "oposição" ao invés de se debaterem boas ideias e pessoas capazes para as implementarem.

Pior que o comentário da Carolina é o comentário de quem tenta "ganhar pontos comentando-o". <
Obrigado.

DF


De Miguel Noronha a 2 de Setembro de 2009 às 18:38
Pelos também vistos não me deixa discutir as "capacidades politicas" da mandatária do PS para a juventude. Enfim, não se pode agradar a todos.



Comentar post


Jamais - Advérbio. Nunca mais, outra vez não, epá eles querem voltar. Interjeição muito usada por um povo de dez milhões de habitantes de um certo cantinho europeu, orgulhoso do passado mas apreensivo com o futuro, hospitaleiro mas sem paciência para ser enganado, solidário mas sobrecarregado de impostos, com vontade de trabalhar e meio milhão de desempregados, empreendedor apesar do Estado que lhe leva metade da riqueza, face à perspectiva terrível de mais quatro anos de desgoverno socialista. Pronuncia-se à francesa, acompanhado ou não do vernáculo manguito.
Vídeo da Semana
autores
posts recentes

Valeu a pena dizer "Jamai...

...

A luta continua.

Até amanhã camaradas

Post final

O novo PSD

"Obrigado Manuela", segui...

Saudações democráticas

Parabéns ao PS

No dia 27, vamos todos vo...

últ. comentários
O Sôtor Elisio Maia fala assim porque depende do a...
ótimo blog, parabéns...
Realmente é o pais considerado como o pais do truq...
Conversa de urinol ..... caro boy PS!!!
Caro amigo anónimo, de facto encontro alguma razão...
meu caro amigo, não duvido das suas competências.....
está completamente certa. Mais... o 12º é pior, po...
nao faz a minima ideia de como existem formandos a...
Esta afirmação de Platão devia estar melhor docume...
Escandalizam-me reflexões como as do artigo da Sra...
mais comentados
links
arquivos

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

subscrever feeds