Domingo, 6 de Setembro de 2009
publicado por Miguel Reis Cunha em 06 Set 2009, às 00:04

10 comentários:
De Maverick47 a 6 de Setembro de 2009 às 04:48
Isto só me faz pensar que a separação entre a homofobia e a oposição ao CPMS possa bem ser, como muitos dizem, inexistente. As razões de uma talvez se encontrem na outra. Lamentável. Um partido assim quer o meu voto? É "isto" o PSD?


De Pedro Mendonça a 6 de Setembro de 2009 às 08:16
Já fui militante e dirigente da JSD e PSD, felizmente já saí...

Que vergonha insultarem Francisco Sá-Carneiro e Snu Abecassis...

No meu tempo de PSD, lutava-se para que eles fossem felizes porque se amavam, lutava-se pela felicidade não por conceitos moralistas onde o casamento é apenas uma fábrica de bebés!

Respeitem Sá-Carneiro e ganhem vergonha, ir buscar um anúncio do Partido de Bush e Sara Palin ...

Endoideceram???????


De joao S a 6 de Setembro de 2009 às 22:08
Afiinal a Snu e o Sá Carneiro eram gays ?
Essa é nova para mim...


De pedro mendonça a 6 de Setembro de 2009 às 22:57
Não seja básico!

Falo da intolerância de quem não aceita formas diferentes de "amor".

Caso não saiba tivemos no PSD de lutar para a Snu ser recebida no Palácio de Belém como mulher do primeiro-ministro!



De Miguel Reis Cunha a 6 de Setembro de 2009 às 23:55
Caro Pedro
O anúncio em causa é da autoria de um grupo de cidadãos que são contrários ao casamento entre pessoas do mesmo sexo. Nesse grupo, incluem-se também republicanos, mas o anúncio não é da autoria do partido republicano.
O anúncio foi elaborado no âmbito da campanha para o referendo que teve lugar no estado da Califórnia sobre esta matéria.
Em Portugal, o PS contrariando a maioria da população pretende mudar o código civil sem sequer sujeitar a matéria a referendo.


De Pedro Mendonça a 7 de Setembro de 2009 às 00:04
Caro Miguel,

Tem razão, as minhas opiniões são minhas, mesmo que minoritárias.

Não tem razão, não é só o PS que quer mudar, é em primeiro lugar o Bloco de Esquerda e até o PCP.

Sabe, a maioria dos alemães votaram em Hitler e não me parece terem tido razão. A razão não se mede em maiorias meu caro... Nem a Liberdade se referenda.

Volto a Sá Carneiro, a maioria católica do país era católica na altura e diga-me acha mal o PSD ter lutado para ela ser tratada como mulher do primeiro-ministro apesar de ele ser casado com outra senhora?

Respeitem a Social-democracia ou mudem o nome ao Partido.



De Mário Cruz a 7 de Setembro de 2009 às 10:16
Pedro, Sá Carneiro foi corajoso nessa e em muitas outras acções.
Sá Carneiro não tinha em 1980 a possibilidade de se divorciar que hoje teria tido. A legislação mudou muito e bem desde essa altura. Mas quem lhe disse que Sá Carneiro queria voltar a casar? O que ele queria e conseguiu, não havendo hoje qualquer entrave também a isso, foi que a pessoa que amava o acompanhasse oficialmente. Hoje esse problema não se põe. Ninguém pede a ninguém certidão de casamento. Pode levar homem ou mulher onde quiser e se quiser. A muitos faltará a coragem que a Sá Carneiro sobrava, só isso.


De Mário Cruz a 7 de Setembro de 2009 às 10:02
Pedro não entendo porque está a meter os pés pelas mãos num tema tão simples e claro.
Em 2009 quando uma pessoa (seja de que sexo for) ama outra e é retribuida, pode viver com ela e ninguém tem nada com isso. Se ambos quiserem clarificar ou proteger essa situação fazem os contratos que quiserem entre eles, já hoje possíveis e em grande medida mais do que suficientes. Os jovens hoje só se casam (não sei se já reparou) quando decidem ter filhos e proteger o futuro desses filhos.
Ou seja não faz nenhum sentido que o Estado obrigue todos a casar quando já quase ninguém quer casar.
Amar não é casar. Viver em união não é casar.
A criança do video não entende, nem ninguém entende a vantagem em baralhar conceitos. Coisas diferentes devem ter nomes diferentes. É simples não é?


De Maverick47 a 7 de Setembro de 2009 às 03:05
Desculpem voltar aqui, mas chegou-me uma bela imagem à mente: um anúncio em que dois pais negros tentam explicar à filha porque é que ela é branca e os seus pais "pretos" (o que pode acontecer caso um dos dois tenha ascendentes brancos), para justificar a proibição de casamentos interraciais.

PS: suponho que o Miguel Reis Cunha não reconheça legitimidade às alterações "experimentalistas" do Código Civil de 1977 (que não foram referendadas).


De Nalitzis Krpan a 7 de Setembro de 2009 às 12:12
Esse vídeo é a bela da demagogia a funcionar. Uma questão complexa como o casamento homossexual deve ser discutida com seriedade; longe de histerias.

Um vídeo com a menina pequena, loirinha, botinha a fazer perguntas aproxima-se da hipocrisia dos anúncios socráticos que têm invadido os media.

Tenham vergonha e retirem o vídeo. Se é para se distinguirem, usem um bocadinho de cabeça. Um vídeos destes afasta mais gente lúcida do que os fanáticos que atrai. É propaganda reles. Até para quem concorda (sem sentido crítico) com o que se diz no vídeo.


Comentar post


Jamais - Advérbio. Nunca mais, outra vez não, epá eles querem voltar. Interjeição muito usada por um povo de dez milhões de habitantes de um certo cantinho europeu, orgulhoso do passado mas apreensivo com o futuro, hospitaleiro mas sem paciência para ser enganado, solidário mas sobrecarregado de impostos, com vontade de trabalhar e meio milhão de desempregados, empreendedor apesar do Estado que lhe leva metade da riqueza, face à perspectiva terrível de mais quatro anos de desgoverno socialista. Pronuncia-se à francesa, acompanhado ou não do vernáculo manguito.
Vídeo da Semana
autores
posts recentes

Valeu a pena dizer "Jamai...

...

A luta continua.

Até amanhã camaradas

Post final

O novo PSD

"Obrigado Manuela", segui...

Saudações democráticas

Parabéns ao PS

No dia 27, vamos todos vo...

últ. comentários
O Sôtor Elisio Maia fala assim porque depende do a...
ótimo blog, parabéns...
Realmente é o pais considerado como o pais do truq...
Conversa de urinol ..... caro boy PS!!!
Caro amigo anónimo, de facto encontro alguma razão...
meu caro amigo, não duvido das suas competências.....
está completamente certa. Mais... o 12º é pior, po...
nao faz a minima ideia de como existem formandos a...
Esta afirmação de Platão devia estar melhor docume...
Escandalizam-me reflexões como as do artigo da Sra...
mais comentados
links
arquivos

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

subscrever feeds