Quarta-feira, 9 de Setembro de 2009
publicado por Miguel Noronha em 09 Set 2009, às 12:58

Foi agora disponibilizada a edição de 2010 do indice  "Doing Business". Mantemos a mesma posição global (48º) que não é propriamente linsonjeira.

 

Relativamente ao ano anterior, registe-se uma assinalável melhoria na alineas "Starting Business" ao mesmo tempo que pioraram considerávelmente  "Dealing With Constrution Permits" e "Registering Property". Pelos vistos, contrariamente à propaganda oficial, o Simplex parece ter efeitos opostos ao anunciado.

 

Faço também notar que, tal como assinalava o "Global Competitiveness Report" a péssima posição de Portugal nos rankings da flexibilidade laboral (171º em 183 países com evolução negativa).

 

Se queremos melhorar a nossa competitividade do nosso país e a prósperidade dos seus habitantes há sinais claros quantos às prioridades. E não me parece que nelas conste o TGV.

 

(agradeço a dica ao Adolfo Mesquita Nunes)

 

ADENDA: O resultado de Portugal no "Doing Business" no Público.


4 comentários:
De l.rodrigues a 9 de Setembro de 2009 às 14:29
Tretas. Podia tentar fazer uma critica mais construtiva, mas já não há pachorra.

O atraso prende-se essencialmente com a falta de formação dos empresários, e aposta duradoura num modelo de mão de obra barata, que não foi capaz de acompanhar o aumento de qualificação da população, por via da democratização do acesso à universidade, como se podem ver pelos licenciados mal empregados (e não falo de sociólogos e formados em direito).

E também à falta de capacidade de investimento e risco de quem detém capital (os bancos nas vacas gordas só deram crédito ao consumo, nunca apostaram devidamente na produção), tal como com o ouro do brasil há 300 anos, os nossos ricos (não há que ter medo da palavra) preferem gastar o seu dinheiro em tecidos italianos e chapéus vindos de frança do que investir em fazer as melhores sedas ou abrir chapelarias.



De Miguel Noronha a 9 de Setembro de 2009 às 14:37
Interessante o seu comentário. Repete uma série de mitos sobre a economia portuguesa.

Suponho que a solução seja simples. Obrigar as empresas a contratar licencidados (e despedir os que têm menos qualificações) e aumentar os salários por via administrativa. Já agora, expropria-se os "ricos" e o estado investe o dinheiro.


De l.rodrigues a 9 de Setembro de 2009 às 19:22
Tente ler a coisa ao contrário. Não se trata de despedir uns e contratar licenciados. Trata-se de ter visão e aproveitar os recursos do país, nomeadamente os licenciados, para investir em áreas de maior valor acrescentado.
Se os empresários não têm essa capacidade, ela tem que ser criada ou exemplificada pelo governo, porque não? Alguém tem que dar o primeiro passo...

Isto, em vez de tentar concorrer com os chineses. Porque aí perdemos sempre.


De Miguel Noronha a 9 de Setembro de 2009 às 20:28
Nesse caso porque é que as empresas do estado são ainda piores que as outras?

E se o negócio é assim tão bom porque é que ainda ninguém se lembrou disso?


Comentar post


Jamais - Advérbio. Nunca mais, outra vez não, epá eles querem voltar. Interjeição muito usada por um povo de dez milhões de habitantes de um certo cantinho europeu, orgulhoso do passado mas apreensivo com o futuro, hospitaleiro mas sem paciência para ser enganado, solidário mas sobrecarregado de impostos, com vontade de trabalhar e meio milhão de desempregados, empreendedor apesar do Estado que lhe leva metade da riqueza, face à perspectiva terrível de mais quatro anos de desgoverno socialista. Pronuncia-se à francesa, acompanhado ou não do vernáculo manguito.
Vídeo da Semana
autores
posts recentes

Valeu a pena dizer "Jamai...

...

A luta continua.

Até amanhã camaradas

Post final

O novo PSD

"Obrigado Manuela", segui...

Saudações democráticas

Parabéns ao PS

No dia 27, vamos todos vo...

últ. comentários
O Sôtor Elisio Maia fala assim porque depende do a...
ótimo blog, parabéns...
Realmente é o pais considerado como o pais do truq...
Conversa de urinol ..... caro boy PS!!!
Caro amigo anónimo, de facto encontro alguma razão...
meu caro amigo, não duvido das suas competências.....
está completamente certa. Mais... o 12º é pior, po...
nao faz a minima ideia de como existem formandos a...
Esta afirmação de Platão devia estar melhor docume...
Escandalizam-me reflexões como as do artigo da Sra...
mais comentados
links
arquivos

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

subscrever feeds