Quinta-feira, 10 de Setembro de 2009
publicado por Inês Dentinho em 10 Set 2009, às 14:02

De que serve a Lisboa o amuo público de António Costa, ao faltar à inauguração de uma ligação de Metropolitano, quando não conseguiu manter a voz de sempre da CML na Administração desse transporte vital para a Cidade?
De que serve a Lisboa ter um departamento de tráfego se as obras de afunilamento do trânsito no Terreiro do Paço não mereceram qualquer estudo prévio?
De que serve a Lisboa ter um Presidente da Câmara que prefere entregar a estranhos, não eleitos, a definição da zona nobre da Cidade – ligação ao rio e Terreiro do Paço - sem estudos, sem discussão, sem aprovação, sem concurso, sem nexo?
De que serve a Lisboa ter um Presidente que diz nada poder fazer pela Cidade por causa das contas, se a solução que encontra é o pagamento da dívida com empréstimos e a subida das Despesas Correntes de 417 milhões de euros (2007) para 440 milhões (2008) - números do Relatório de Contas da CML?
De que serviria a Lisboa uma equipa em que não há uma ideia comum - entre Costa, Roseta, Salgado e Sá Fernandes - sobre questões estratégicas da Capital, como o terminal de Alcântara, a 3ª travessia do Tejo, ou as grandes decisões sobre o urbanismo da Cidade?
São demasiadas perguntas para uma só resposta: não serve a Lisboa.


1 comentário:
De Joaninha a 11 de Setembro de 2009 às 01:09
A Dª Inês Dentinho, já se percebeu, não dá cobertura ao discurso da "Política da Verdade" de Manuela Ferreira Leite, alia-se a Santana Lopes e sai desta embrulhada das Legislagtivas.
Eu acho desconfortável o vosso papel:
Filipe Menezes diz que Pacheco Pereira é a loira do PSD; Pacheco Pereira diz que Santana Lopes faz parte do grupo do mutibanco; Santa Lopes elogia Sócrates pelo debate com Louçã; Maria JoséNogueiora Pinto, candidata a deputada pelo PSD, informou que votar António Costa; Manuela Ferreira Leite tornou público que nas últimas eleições não votou Santa Lopes; Marques Mendes e Alexandre Relvas, não estão com Manuela Ferreira Leite por esta impôr o sr Preto para candidato a deputado e, especula-se, será o Ministro da Justiça do Governo Sombra do PSD.
São muitos gatos (e gatas) no mesmo saco.
É muito difícilà Inês Dentinho apoiar esta gente!...


Comentar post


Jamais - Advérbio. Nunca mais, outra vez não, epá eles querem voltar. Interjeição muito usada por um povo de dez milhões de habitantes de um certo cantinho europeu, orgulhoso do passado mas apreensivo com o futuro, hospitaleiro mas sem paciência para ser enganado, solidário mas sobrecarregado de impostos, com vontade de trabalhar e meio milhão de desempregados, empreendedor apesar do Estado que lhe leva metade da riqueza, face à perspectiva terrível de mais quatro anos de desgoverno socialista. Pronuncia-se à francesa, acompanhado ou não do vernáculo manguito.
Vídeo da Semana
autores
posts recentes

Valeu a pena dizer "Jamai...

...

A luta continua.

Até amanhã camaradas

Post final

O novo PSD

"Obrigado Manuela", segui...

Saudações democráticas

Parabéns ao PS

No dia 27, vamos todos vo...

últ. comentários
O Sôtor Elisio Maia fala assim porque depende do a...
ótimo blog, parabéns...
Realmente é o pais considerado como o pais do truq...
Conversa de urinol ..... caro boy PS!!!
Caro amigo anónimo, de facto encontro alguma razão...
meu caro amigo, não duvido das suas competências.....
está completamente certa. Mais... o 12º é pior, po...
nao faz a minima ideia de como existem formandos a...
Esta afirmação de Platão devia estar melhor docume...
Escandalizam-me reflexões como as do artigo da Sra...
mais comentados
links
arquivos

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

subscrever feeds