Quinta-feira, 10 de Setembro de 2009
publicado por Pedro Picoito em 10 Set 2009, às 23:57

Os portugueses, acossados pelo desemprego e pela crise económica, terão preocupações mais óbvias, mas Sócrates, acossado pelo Bloco e pelo PC, introduziu as questões fracturantes na campanha como prova da sua identidade de esquerda. Segundo a cassete socrática, nunca o PSD foi "tão conservador nos costumes" e, depreende-se, o PS tão moderno. Mas será assim? O PSD será o partido do "casamento para a procriação" e o PS o arauto do progresso?

Manuela Ferreira Leite vê no casamento um contrato com o objectivo, entre outros, de proteger os filhos - se os há. A possibilidade de haver filhos é que torna o casamento um contrato tão especial. Nas uniões gay essa possibilidade não existe, o que lhes retira uma das razões para acederem ao estatuto legal de casamento. E leva os homossexuais, em coerência, a exigir também o direito de adopção. Opor-se a esta dupla exigência não é estar contra a homossexualidade (ou a favor), questão do foro íntimo no qual a lei não entra. É proteger a ecologia do casamento.

Sócrates tem outra opinião porque a voz do futuro lhe comunicou que "o país é mais moderno". Esquece que a grande maioria dos portugueses casa, tem filhos e chama família à sucessão de tais factos. Em vez de aceitar a realidade quotidiana de milhões de pessoas, o PS quer mudar o casamento por decreto. Eis o progresso segundo os socialistas. Como dizia alguém, é a realidade que se engana.

 

(publicado hoje no Diário Económico)



Jamais - Advérbio. Nunca mais, outra vez não, epá eles querem voltar. Interjeição muito usada por um povo de dez milhões de habitantes de um certo cantinho europeu, orgulhoso do passado mas apreensivo com o futuro, hospitaleiro mas sem paciência para ser enganado, solidário mas sobrecarregado de impostos, com vontade de trabalhar e meio milhão de desempregados, empreendedor apesar do Estado que lhe leva metade da riqueza, face à perspectiva terrível de mais quatro anos de desgoverno socialista. Pronuncia-se à francesa, acompanhado ou não do vernáculo manguito.
Vídeo da Semana
autores
posts recentes

Valeu a pena dizer "Jamai...

...

A luta continua.

Até amanhã camaradas

Post final

O novo PSD

"Obrigado Manuela", segui...

Saudações democráticas

Parabéns ao PS

No dia 27, vamos todos vo...

últ. comentários
O Sôtor Elisio Maia fala assim porque depende do a...
ótimo blog, parabéns...
Realmente é o pais considerado como o pais do truq...
Conversa de urinol ..... caro boy PS!!!
Caro amigo anónimo, de facto encontro alguma razão...
meu caro amigo, não duvido das suas competências.....
está completamente certa. Mais... o 12º é pior, po...
nao faz a minima ideia de como existem formandos a...
Esta afirmação de Platão devia estar melhor docume...
Escandalizam-me reflexões como as do artigo da Sra...
mais comentados
links
arquivos

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

subscrever feeds