Segunda-feira, 14 de Setembro de 2009
publicado por Rodrigo Adão da Fonseca em 14 Set 2009, às 23:52

É triste ver um político experiente e que julgávamos ter elevado pedigree a faltar ao respeito desta forma a quem é, de facto, uma senhora. Pode concordar-se ou não com as ideias do PSD ou de Manuela Ferreira Leite, mas, como devemos classificar a atitude de João Soares em Faro? E como entender a reacção boçal da assistência? De facto, algo de grave domina a vida pública em Portugal:

 

"(...) João Soares levou Faro ao rubro com algumas das mais picantes referências a Manuela Ferreira Leite já feitas nesta campanha."Por muito respeito que se tenha por Paulo Portas, Jerónimo de Sousa e Francisco Louçã, os dois verdadeiros candidatos são José Sócrates e a 'outra senhora", afirmou o cabeça de lista do distrito no comício da cidade (...)".

 

(via Público)


3 comentários:
De Octávio dos Santos a 15 de Setembro de 2009 às 01:05
Quando enfrentou Pedro Santana Lopes para a Câmara Municipal de Lisboa, o Joãozinho, mais o papá e todos os seus amigos, não parava de berrar que vinha aí o fascismo... e sabe-se o que aconteceu. Não aprendem...


De Luís a 15 de Setembro de 2009 às 09:59
Não gosto particularmente do João Soares, mas daí a achar que ele faltou ao respeito da senhora Manuela Ferreira leite vai uma grande distância. Ou o senhor é daqueles que acha que pelo facto de ela ser mulher tem de ter um tratamento diferenciado durante a campanha eleitoral? Ou acha que toda a gente deveria chamar-lhe Doutora, quando toda a gente sabe que ele não é doutorada mas simplesmente licenciada?


De jeronimo a 15 de Setembro de 2009 às 11:00
E como devemos classificar ou entender o apoio dessa Senhora aos cartazes com insultos de baixo nível ao primeiro-ministro ? Aqui já não se trata de uma falta de respeito ?


Comentar post


Jamais - Advérbio. Nunca mais, outra vez não, epá eles querem voltar. Interjeição muito usada por um povo de dez milhões de habitantes de um certo cantinho europeu, orgulhoso do passado mas apreensivo com o futuro, hospitaleiro mas sem paciência para ser enganado, solidário mas sobrecarregado de impostos, com vontade de trabalhar e meio milhão de desempregados, empreendedor apesar do Estado que lhe leva metade da riqueza, face à perspectiva terrível de mais quatro anos de desgoverno socialista. Pronuncia-se à francesa, acompanhado ou não do vernáculo manguito.
Vídeo da Semana
autores
posts recentes

Valeu a pena dizer "Jamai...

...

A luta continua.

Até amanhã camaradas

Post final

O novo PSD

"Obrigado Manuela", segui...

Saudações democráticas

Parabéns ao PS

No dia 27, vamos todos vo...

últ. comentários
O Sôtor Elisio Maia fala assim porque depende do a...
ótimo blog, parabéns...
Realmente é o pais considerado como o pais do truq...
Conversa de urinol ..... caro boy PS!!!
Caro amigo anónimo, de facto encontro alguma razão...
meu caro amigo, não duvido das suas competências.....
está completamente certa. Mais... o 12º é pior, po...
nao faz a minima ideia de como existem formandos a...
Esta afirmação de Platão devia estar melhor docume...
Escandalizam-me reflexões como as do artigo da Sra...
mais comentados
links
arquivos

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

subscrever feeds