Quarta-feira, 23 de Setembro de 2009
publicado por Nuno Gouveia em 23 Set 2009, às 11:03

Portugal foi o país da União Europeia que mais fundos estruturais perdeu em 2008 

 

Portugal perdeu no ano passado 71 milhões de euros de fundos estruturais comunitários por falta de absorção no prazo previsto, o que representa o valor mais elevado dos 27 países da União Europeia (UE).

 



7 comentários:
De jeronimo a 23 de Setembro de 2009 às 11:37
Faltou destacar esta parte da notícia:
(...)
Confrontado com estes cortes, o ministro da Agricultura, Jaime Silva, precisou que todas as perdas ocorreram antes da sua chegada ao Governo, garantindo que, desde 2006, os fundos europeus sob a sua responsabilidade registam uma "taxa de execução de 99,3 por cento". Esta absorção "ainda pode ser melhorada porque os pagamentos continuam até ao fim do ano".
(...)


De João Galamba a 23 de Setembro de 2009 às 15:18
Caro Jerónimo,

Não chateie o Nuno Gouveia com esses detalhes, não vê que lhe estraga a historieta. Faça como os laranjinhas: ignore a realidade e minta, distorça e invente.


De Nuno Gouveia a 23 de Setembro de 2009 às 15:32
A anónimos não respondo, se bem que percebo que muitos deles apenas estão a fazer o trabalho para que lhes pagam. De facto, tudo o que acontece de mal a este governo é culpa dos outros. São dados de 2008, mas a culpa é do governo anterior, esses malandros...

Sobre a ignorância da realidade, bem... já sei que achas que vivemos num oásis. E sobre profissões de fé, não me pronuncio.


De jeronimo a 23 de Setembro de 2009 às 15:33
João,
está portanto a sugerir-me que adira à Política de Verdade ?


De Anónimo a 23 de Setembro de 2009 às 16:05
Porque não vão conferenciar para o "Simplex"?!?!? Pelo menos lá não incomodam quem quer ler a verdadeira "política da verdade", lá não me incomodam a mim, que venho cá todos os dias para acompanhar a campanha da DRA. Manuela Ferreira Leite! E obviamente, gosto sempre de saber destes promenores sórdidos do governo e do homem que rebentou com este país. Deviam ter vergonha e sair de fininho! Estou farto desta corja toda do partido socialista! Vergonha!

Ricardo Pereira


De jeronimo a 23 de Setembro de 2009 às 16:11
Está portanto a advogar uma "asfixia democrática" aqui no Jamais ?
E que acabemos com as "escutas" do Simplex aqui ?


De Anónimo a 23 de Setembro de 2009 às 23:09
Meu caro "jeronimo", por mim você pode dizer o que quiser! Prezo muito em saber que neste blog não há asfixia democrática, quanto às escutas do seu "simplex" saberemos em breve...

Ricardo Pereira


Comentar post


Jamais - Advérbio. Nunca mais, outra vez não, epá eles querem voltar. Interjeição muito usada por um povo de dez milhões de habitantes de um certo cantinho europeu, orgulhoso do passado mas apreensivo com o futuro, hospitaleiro mas sem paciência para ser enganado, solidário mas sobrecarregado de impostos, com vontade de trabalhar e meio milhão de desempregados, empreendedor apesar do Estado que lhe leva metade da riqueza, face à perspectiva terrível de mais quatro anos de desgoverno socialista. Pronuncia-se à francesa, acompanhado ou não do vernáculo manguito.
Vídeo da Semana
autores
posts recentes

Valeu a pena dizer "Jamai...

...

A luta continua.

Até amanhã camaradas

Post final

O novo PSD

"Obrigado Manuela", segui...

Saudações democráticas

Parabéns ao PS

No dia 27, vamos todos vo...

últ. comentários
O Sôtor Elisio Maia fala assim porque depende do a...
ótimo blog, parabéns...
Realmente é o pais considerado como o pais do truq...
Conversa de urinol ..... caro boy PS!!!
Caro amigo anónimo, de facto encontro alguma razão...
meu caro amigo, não duvido das suas competências.....
está completamente certa. Mais... o 12º é pior, po...
nao faz a minima ideia de como existem formandos a...
Esta afirmação de Platão devia estar melhor docume...
Escandalizam-me reflexões como as do artigo da Sra...
mais comentados
links
arquivos

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

subscrever feeds