Quinta-feira, 24 de Setembro de 2009
publicado por Maria João Marques em 24 Set 2009, às 23:54

"Associação das PMEs recomenda voto contra PS
A ANPME, Associação Nacional das Pequenas e Médias Empresas, que reúne mais de 12 mil membros, aconselha os seus associados a não votarem no partido do Governo, num protesto contra os «maus resultados económico-financeiros demonstrados»"

 

No Sol.

 

Que ingratas, as PMEs.

 

(Tendo em conta que o que o PS propõe para as PMEs são subsídios estatais, não deixa de ser reconfortante que por uma vez uma associação empresarial se pronuncie contra políticas que propiciam a subserviência e a dependência do Estado).


3 comentários:
De Carlos Laia a 25 de Setembro de 2009 às 12:06
Engraçado.
Ninguém se preocupa neste caso com questões deontológicas: uma associação empresarial a envolver-se na campanha eleitoral (que deveria ser palco dos partidos politicos), indicando claramento o sentido do (não) voto.
Mas se for um jornalista a revelar a fonte de outro, ai que cai o carmo e a trindade !
Quando os valores são substuídas pelas conveniencias, está tudo dito...


De Maria João Marques a 25 de Setembro de 2009 às 17:55
Mas que obrigação tem uma associação de empresas de ser equidistante dos partidos?!!!!


De Carlos Laia a 26 de Setembro de 2009 às 17:35
Não é propriamente obrigação...chamar-lhe-ia dever. Em primeiro lugar, pelos seus próprios associados, que obviamente terão simpatizantes de todos os quadrantes políticos e assim muitos deles não se revêm nesta declaração; não esquecer que estatutariamente a direcção não estará incumbida de tomar posições politico-partidárias. Em segundo lugar, por respeito pelo povo português. As associações falam dos seus problemas directos (deviam falar !)...os partidos propõem programas políticos. De notar, que notar que os dirigentes destas associações podem pertencer a partidos e participar na luta política.


Comentar post


Jamais - Advérbio. Nunca mais, outra vez não, epá eles querem voltar. Interjeição muito usada por um povo de dez milhões de habitantes de um certo cantinho europeu, orgulhoso do passado mas apreensivo com o futuro, hospitaleiro mas sem paciência para ser enganado, solidário mas sobrecarregado de impostos, com vontade de trabalhar e meio milhão de desempregados, empreendedor apesar do Estado que lhe leva metade da riqueza, face à perspectiva terrível de mais quatro anos de desgoverno socialista. Pronuncia-se à francesa, acompanhado ou não do vernáculo manguito.
Vídeo da Semana
autores
posts recentes

Valeu a pena dizer "Jamai...

...

A luta continua.

Até amanhã camaradas

Post final

O novo PSD

"Obrigado Manuela", segui...

Saudações democráticas

Parabéns ao PS

No dia 27, vamos todos vo...

últ. comentários
O Sôtor Elisio Maia fala assim porque depende do a...
ótimo blog, parabéns...
Realmente é o pais considerado como o pais do truq...
Conversa de urinol ..... caro boy PS!!!
Caro amigo anónimo, de facto encontro alguma razão...
meu caro amigo, não duvido das suas competências.....
está completamente certa. Mais... o 12º é pior, po...
nao faz a minima ideia de como existem formandos a...
Esta afirmação de Platão devia estar melhor docume...
Escandalizam-me reflexões como as do artigo da Sra...
mais comentados
links
arquivos

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

subscrever feeds