Sábado, 1 de Agosto de 2009
publicado por Sofia Rocha em 01 Ago 2009, às 20:43

Segundo o PS, um Programa de Governo também serve para enunciar um acontecimento parcialmente verdadeiro e depois prosseguir com enunciados vagos, de comprovação duvidosa ( ver pág. 8):

 

" O novo centro ibérico de investigação em nanotecnologia, instalado em Braga, e todo o movimento de internacionalização do sistema científico e universitário, em particular com as novas parcerias estabelecidas com universidades e centros de investigação de excelência mundial, abriram também novas fronteiras de progresso no seio da comunidade cientifica internacional."

 

 

Primeiro, ainda não existe nenhum centro de nanotecnologia, há-de existir daqui a uns anos.

Segundo, qual movimento, quais parcerias, quais novas fronteiras, qual progresso?

Quero dados concretos.


1 comentário:
De Francisco a 2 de Agosto de 2009 às 11:14
O Instituto de Nanotecnologia já existe. Há mais de um ano que se contratam pessoas para o Instituto de Nanotecnologia. Aquilo não apareceu por acaso há muito trabalho feito por trás.

Quanto às parcerias veja o MIT, a ESA, a universidade de Cornell ou a universidade de Carnigie Mellon. Estão a trabalhar em Portugal. Há portugueses a estudar (doutoramento) com eles e a desenvolver ciência. No TagusPark em Oeiras há aulas em directo com alunos nos estados unidos. Com resultados. São parcerias com instituições que estão no topo dos rankings mundiais nas áreas de competências acordadas.

Se hoje MFL dissesse que iria convidar Mariano Gago para o seu futuro governo isso iria ganhar muitos votos para o PSD e seria um muito bom sinal para o País.


Comentar post


Jamais - Advérbio. Nunca mais, outra vez não, epá eles querem voltar. Interjeição muito usada por um povo de dez milhões de habitantes de um certo cantinho europeu, orgulhoso do passado mas apreensivo com o futuro, hospitaleiro mas sem paciência para ser enganado, solidário mas sobrecarregado de impostos, com vontade de trabalhar e meio milhão de desempregados, empreendedor apesar do Estado que lhe leva metade da riqueza, face à perspectiva terrível de mais quatro anos de desgoverno socialista. Pronuncia-se à francesa, acompanhado ou não do vernáculo manguito.
Vídeo da Semana
autores
posts recentes

Valeu a pena dizer "Jamai...

...

A luta continua.

Até amanhã camaradas

Post final

O novo PSD

"Obrigado Manuela", segui...

Saudações democráticas

Parabéns ao PS

No dia 27, vamos todos vo...

últ. comentários
O Sôtor Elisio Maia fala assim porque depende do a...
ótimo blog, parabéns...
Realmente é o pais considerado como o pais do truq...
Conversa de urinol ..... caro boy PS!!!
Caro amigo anónimo, de facto encontro alguma razão...
meu caro amigo, não duvido das suas competências.....
está completamente certa. Mais... o 12º é pior, po...
nao faz a minima ideia de como existem formandos a...
Esta afirmação de Platão devia estar melhor docume...
Escandalizam-me reflexões como as do artigo da Sra...
mais comentados
links
arquivos

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

subscrever feeds