Terça-feira, 4 de Agosto de 2009
publicado por Miguel Reis Cunha em 04 Ago 2009, às 22:23

Desde o meu Algarve não posso deixar de aqui manifestar a minha profunda satisfação pela escolha (a confirmar-se) do prof. Jorge Bacelar Gouveia como cabeça de lista pelo distrito de Faro.
Tive a sorte de me cruzar com ele há vários anos atrás e pude constatar, em vários pormenores, a sua dedicação, a sua competência e acima de tudo a sua coragem política.
O prof. Jorge Bacelar Gouveia é, hoje, um dos mais prestigiados constitucionalistas e especialistas em Direito Administrativo que continua a dizer aquilo que tem a dizer (veja-se aqui, sobre a fiscalização sucessiva do aborto), sem medo, se necessário, de assumir posições politicamente incorrectas.
Eis um bom exemplo da integridade, da competência e da credibilidade que tem falado ultimamente MFL.
P.S.- Também será muito positivo ter um constitucionalista na bancada do PSD. Talvez assim se evitem futuros vetos presidenciais por “desconhecimento” da constituição por parte de alguns deputados mais desorientados...
 


4 comentários:
De Amêijoa Fresca a 5 de Agosto de 2009 às 09:45
Um distinto profissional
e igualmente reputado,
uma escolha nada banal
para futuro deputado.

É bom poder contar
com este especialista,
o grupo parlamentar
ficará mais realista.


De Anónimo a 5 de Agosto de 2009 às 22:17
Como algarvio, não socialista, é das maiores vergonhas o Bacelar ou o João Soares, como fora o João Cravinho e outros, serem cabeças de lista dos representantes algarvios.


De Miguel Reis Cunha a 6 de Agosto de 2009 às 05:07
Caro anónimo,
Pois, a mim, que também estou no Algarve, acho um motivo de orgulho que o distrito tenha sido contemplado com um cabeça de lista de alto gabarito intelectual e académica como é o caso do Prof. Jorge Bacelar Gouveia.
Quero lá saber se ele é algarvio ou de trás-os-montes ou dos Açores. Ele é o cabeça de uma lista candidata a um órgão nacional. Além disso, o resto da lista do Algarve é composta 100% por algarvios. Por isso, não acho que isto seja motivo de qualquer "vergonha".
Um abraço


De Manel a 2 de Setembro de 2009 às 23:40
eu que fui aluno do bacelar gouveia, vejo nele presunção apenas.


Comentar post


Jamais - Advérbio. Nunca mais, outra vez não, epá eles querem voltar. Interjeição muito usada por um povo de dez milhões de habitantes de um certo cantinho europeu, orgulhoso do passado mas apreensivo com o futuro, hospitaleiro mas sem paciência para ser enganado, solidário mas sobrecarregado de impostos, com vontade de trabalhar e meio milhão de desempregados, empreendedor apesar do Estado que lhe leva metade da riqueza, face à perspectiva terrível de mais quatro anos de desgoverno socialista. Pronuncia-se à francesa, acompanhado ou não do vernáculo manguito.
Vídeo da Semana
autores
posts recentes

Valeu a pena dizer "Jamai...

...

A luta continua.

Até amanhã camaradas

Post final

O novo PSD

"Obrigado Manuela", segui...

Saudações democráticas

Parabéns ao PS

No dia 27, vamos todos vo...

últ. comentários
O Sôtor Elisio Maia fala assim porque depende do a...
ótimo blog, parabéns...
Realmente é o pais considerado como o pais do truq...
Conversa de urinol ..... caro boy PS!!!
Caro amigo anónimo, de facto encontro alguma razão...
meu caro amigo, não duvido das suas competências.....
está completamente certa. Mais... o 12º é pior, po...
nao faz a minima ideia de como existem formandos a...
Esta afirmação de Platão devia estar melhor docume...
Escandalizam-me reflexões como as do artigo da Sra...
mais comentados
links
arquivos

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

subscrever feeds