Quarta-feira, 12 de Agosto de 2009
publicado por Inês Dentinho em 12 Ago 2009, às 12:25

 

Entre os que nos representam, não houve quem juntasse a sua dor à nossa na última homenagem a Raul Solnado. Nem o Presidente da República, nem o Primeiro-Ministro, nem o Ministro da Cultura, nem o Presidente da Câmara de Lisboa foram ao enterro. Estavam de férias e não se mexeram. Não estiveram para isso. Apenas Ramalho Eanes, Luís Amado e Pedro Santana Lopes quiseram estar presentes, o que é significativo.
 
Raul Solnado soube interpretar as nossas angústias e alegrias com inteligência. O seu humor - imediato e perdurável - mudava vidas, contrariava tristezas sem as ignorar. Solnado era atento, conhecia-nos, fazia-nos companhia. Foi nosso, mais eleito do que qualquer um dos ausentes na sua despedida. De certa maneira, representava a outra face de Amália. Com talentos únicos, os dois traduziam a alma portuguesa, pelo riso e pelo fado.
 
Amália não morreu em Agosto. Por isso teve a merecida homenagem. Lembro que João Soares, e bem, estando no Oriente furou um tufão de nível 3 para não faltar ao enterro. Com Solnado, António Costa, bem mais perto, não interrompeu o descanso para, como diz S. Paulo, «chorar com os que choram; rir com os que riem; ter entre nós os mesmos sentimentos».

4 comentários:
De NP a 12 de Agosto de 2009 às 13:32
Este post é de um nível realmente muito baixo, mesmo considerando os padrões deste blog.

Enquanto admirador de Raul Solnado, que tive o privilégio de ver, pela última vez, no velório de Palma Inácio, considero ultrajante utilizar-se o seu nome para fins desta natureza.


De Armando Filhote a 12 de Agosto de 2009 às 16:25
Não vejo, ou não quero ver, o que NP quer ver aqui nas entrelinhas. Mas se nos limitarmos aos factos, a quem esteve ou não presente, a verdade é que isto foi exactamente o que aconteceu, o que é uma pena.


De Joaquim Amado Lopes a 12 de Agosto de 2009 às 18:33
Não vejo no que a Inês escreveu motivos para a sua reacção.
Mas, se quer ficar justamente indignado por o nome de Raul Solnado ser usado para fins de propaganda e da forma mais reles, vá ao Simplex e veja o clip que foi escolhido para algo que, só à posteriori e depois de algumas reacções ("democraticamente" censuradas), foi apresentado como uma "homenagem".


De Inês Dentinho a 13 de Agosto de 2009 às 05:33
NP , agradeço o seu comentário apesar de o considerar completamente despropositado. Registo a indiferença dos políticos em relação à deferência que um dos nossos melhores artistas deveria merecer. É isso que está aberto à discussão se não quisermos, como estou certa que não quis, baixar o nível do debate. Gostei de ver os aplausos do Povo à medida que o carro onde seguia Solnado passava. Se neste blog se discute política, e este foi um dos acontecimentos da semana, porque não discutir a relação do poder com a agenda do País?


Comentar post


Jamais - Advérbio. Nunca mais, outra vez não, epá eles querem voltar. Interjeição muito usada por um povo de dez milhões de habitantes de um certo cantinho europeu, orgulhoso do passado mas apreensivo com o futuro, hospitaleiro mas sem paciência para ser enganado, solidário mas sobrecarregado de impostos, com vontade de trabalhar e meio milhão de desempregados, empreendedor apesar do Estado que lhe leva metade da riqueza, face à perspectiva terrível de mais quatro anos de desgoverno socialista. Pronuncia-se à francesa, acompanhado ou não do vernáculo manguito.
Vídeo da Semana
autores
posts recentes

Valeu a pena dizer "Jamai...

...

A luta continua.

Até amanhã camaradas

Post final

O novo PSD

"Obrigado Manuela", segui...

Saudações democráticas

Parabéns ao PS

No dia 27, vamos todos vo...

últ. comentários
O Sôtor Elisio Maia fala assim porque depende do a...
ótimo blog, parabéns...
Realmente é o pais considerado como o pais do truq...
Conversa de urinol ..... caro boy PS!!!
Caro amigo anónimo, de facto encontro alguma razão...
meu caro amigo, não duvido das suas competências.....
está completamente certa. Mais... o 12º é pior, po...
nao faz a minima ideia de como existem formandos a...
Esta afirmação de Platão devia estar melhor docume...
Escandalizam-me reflexões como as do artigo da Sra...
mais comentados
links
arquivos

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

subscrever feeds