Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jamais

Jamais

30
Ago09

De guarda

Carlos Botelho

Ao contrário do que é gritado aqui, Manuela Ferreira Leite nunca disse que o "casamento deve servir apenas para a procriação" ou que "as obras públicas é [são] para dar emprego a cabo-verdianos ou [a] ucranianos". Não foi isso que foi dito. É a mesma história da "proposta" da "suspensão da democracia por seis meses".

Quando se debate com Sócrates, todo o cuidado é pouco - ele não tem qualquer pejo em deturpar o que os adversários dizem para levar a água ao seu moinho.

10 comentários

Comentar post

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Jamais - Advérbio. Nunca mais, outra vez não, epá eles querem voltar. Interjeição muito usada por um povo de dez milhões de habitantes de um certo cantinho europeu, orgulhoso do passado mas apreensivo com o futuro, hospitaleiro mas sem paciência para ser enganado, solidário mas sobrecarregado de impostos, com vontade de trabalhar e meio milhão de desempregados, empreendedor apesar do Estado que lhe leva metade da riqueza, face à perspectiva terrível de mais quatro anos de desgoverno socialista. Pronuncia-se à francesa, acompanhado ou não do vernáculo manguito.

Arquivo

  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D