Quarta-feira, 16 de Setembro de 2009
publicado por Ana Margarida Craveiro em 16 Set 2009, às 19:04

Ontem, no programa de esmiuçamento dos sufrágios, Manuela Ferreira Leite provou a sua autenticidade. Depois de um candidato com piadas feitas por filhos/assessores, tivémos uma senhora bem-disposta, que se ria de si mesma e respondia às provocações com humor. Longe do plástico fabricado do candidato sexy, provou que pensa sozinha, e que está à altura das situações.

Dizem-me que mais de dois milhões de portugueses tiveram ontem curiosidade em ver como se saía. Bom, agora sabemos que o powerpoint não é tudo na vida, e não compensa algumas faltas. Ou se tem, ou não se tem, e Manuela Ferreira Leite provou estar bem acima do candidato sexy.


4 comentários:
De Eduardo a 16 de Setembro de 2009 às 21:18
Cara Ana,

O mais importante é não falhar nos 'powerpoints'. Nos gatos, na minha opinião, podem falhar todos muito que aí não nos faz mal nenhum.

E autenticidade não conjuga com sonolentos e longos compassos de espera antes de responder. Antes muito cuidado. Cada conversa/discurso sem gaffes é uma vitória.

Boas discussões,
EM


De Joaquim Amado Lopes a 16 de Setembro de 2009 às 23:36
Da entrevista a Manuela Ferreira Leite sobressaiem dois aspectos:
1. As excelentes perguntas colocadas por Ricardo Araujo Pereira.
2. A autenticidade, classe e sentido de humor de Manuela Ferreira Leite em contraposição com a vulgaridade e artificialidade de José Sócrates.

Não sei quantos votos estas entrevistas custaram ao PS ou renderam ao PSD. Mas a diferença entre as pessoas que os dois partidos escolheram para líderes está cada vez mais vincada. E não é de certeza a favor do "mais sensual".


De 100anos a 17 de Setembro de 2009 às 00:49
A Tia Manuela mostrou-se inteligente e divertida.
Já há muito que digo que o que mais me encanta nela é a sua autenticidade - é que mesmo quando diz uma gaffe ela é autêntica.
Tenho pena de não votar nela - não tenho estômago para aturar homens com malas cheias de dinheiro - mas também não é o filho do senhor meu pai que vai votar no engº técnico (livra !).


De José António Abreu a 17 de Setembro de 2009 às 10:54
Discordo. Como a inteligência e o sentido de humor natural são do mais sexy que pode haver numa conversa, Manuela Ferreira Leite foi muito mais sexy do que José Sócrates.


Comentar post


Jamais - Advérbio. Nunca mais, outra vez não, epá eles querem voltar. Interjeição muito usada por um povo de dez milhões de habitantes de um certo cantinho europeu, orgulhoso do passado mas apreensivo com o futuro, hospitaleiro mas sem paciência para ser enganado, solidário mas sobrecarregado de impostos, com vontade de trabalhar e meio milhão de desempregados, empreendedor apesar do Estado que lhe leva metade da riqueza, face à perspectiva terrível de mais quatro anos de desgoverno socialista. Pronuncia-se à francesa, acompanhado ou não do vernáculo manguito.
Vídeo da Semana
autores
posts recentes

Valeu a pena dizer "Jamai...

...

A luta continua.

Até amanhã camaradas

Post final

O novo PSD

"Obrigado Manuela", segui...

Saudações democráticas

Parabéns ao PS

No dia 27, vamos todos vo...

últ. comentários
O Sôtor Elisio Maia fala assim porque depende do a...
ótimo blog, parabéns...
Realmente é o pais considerado como o pais do truq...
Conversa de urinol ..... caro boy PS!!!
Caro amigo anónimo, de facto encontro alguma razão...
meu caro amigo, não duvido das suas competências.....
está completamente certa. Mais... o 12º é pior, po...
nao faz a minima ideia de como existem formandos a...
Esta afirmação de Platão devia estar melhor docume...
Escandalizam-me reflexões como as do artigo da Sra...
mais comentados
links
arquivos

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

subscrever feeds